Desenvolvimento de Produtos Turísticos

Conhecimentos de Base Recomendados

Não se aplica

Métodos de Ensino

A metodologia reparte-se entre as seguintes atividades:
? Aulas teórico-práticas de modo a dotar os alunos de conceitos considerados essenciais para a aprendizagem e construção criativa;
? Análise de estudos de casos nos principais produtos turísticos e discussão em sala de aula, designadamente pela aplicação da técnica do benchmarking;
? Desenvolvimento de trabalhos a apresentar em sala de aula;
? Visitas de estudo
? Sessões de orientação tutorial destinadas a acompanhar e supervisionar o trabalho autónomo não presencial desenvolvido pelos alunos.
Os(as) alunos(as) deverão escolher uma das seguintes modalidades de avaliação: Avaliação Contínua ou Exame Final. A avaliação contínua é baseada nos seguintes parâmetros de avaliação:
a. prova individual de avaliação de conhecimentos (40% da nota final);
b. realização e apresentação de um trabalho de grupo (50%);
c. participação e interesse nos trabalhos realizados nas aulas (10%).
O exame final integra uma prova escrita com um peso de 100%

Resultados de Aprendizagem

Reconhecer os produtos turísticos estratégicos para Portugal,
Identificar oportunidades e desafios no desenvolvimento de novos produtos
Identificar a capacidade competitiva de Portugal e delinear estratégias de
desenvolvimento para os produtos turísticos estratégicos para Portugal
Conhecer as características dos principais produtos turísticos
Identificar os produtos turísticos susceptíveis de satisfazer as necessidades dos
consumidores
Compreender as questões subjacentes ao desenvolvimento do Turismo para Todos
Propor formas alternativas e inovadoras de produtos turísticos de acordo com as
tendências do sector

Programa

1. Introdução
1.1.Conceito, componentes e características do produto turístico
1.2. Conceito de destino turístico
1.2.Ciclo de vida do produto/destino turístico

2. O Plano Estratégico Nacional de Turismo (PENT)
2.1. Linhas de Desenvolvimento Estratégico
2.2. Tendências de desenvolvimento para o sector

2. Enquadramento conceptual, evolução, tendências e análise da oferta efetiva e potencial em Portugal dos seguintes produtos turísticos:
2.1.Turismo de Natureza / Ecoturismo
2.2.Turismo de Saúde e Bem-Estar
2.3. Turismo Desportivo: Golfe e Náutico
2.4. Turismo Cultural e Turismo Religioso
2.5. Gastronomia e Vinhos e Turismo em Meio Rural
2.6. Turismo de Negócios

4. Turismo Acessível
4.1.Enquadramento e conceptualização
4.2. A oferta turística acessível: uma visão sistémica
4.2.Principais restrições no turismo para as pessoas com incapacidade
4.3.Casos de boas práticas

5. A afirmação de outros produtos turísticos tradicionais ou a emergência de produtos turísticos

Docente(s) responsável(eis)

Eugénia Cristina Peixoto Godinho Lima Devile

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
  • - realização e apresentação de um trabalho de grupo - 50.0%
  • - participação e interesse nos trabalhos realizados nas aulas - 10.0%
  • - prova individual de avaliação de conhecimentos - 40.0%
Exame Final
  • - Teste de avaliação escrito - 100.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Douglas, N., Douglas, N.; Derret, R. (Eds) (2001). Special Interest Tourism; Milton: Willey.

Turismo de Portugal, IP. (2014). Turismo 2020 Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal. Lisboa: TP

Novelli, M. (2005). Niche Tourism: contemporary issues, trends and cases. Oxford: Elsevier

Buhalis, D.; Costa, C. (eds), (2006). Tourism Business Frontiers-consumers, products and industry. Oxford: Elsevier

Hall C., Sharpes L., Campoburne B., Macionis (2000). Wine Tourism Around Tourism – Development, management and markets. Oxford: Elsevier.

Fullagar S., Kevin W., Markell, E. (2012), Slow Tourism Experiences and Mobilities, Channel View Publications

Henriques, C. (2003). Turismo, Cidade e Cultura – Planeamento e Gestão Sustentável. Lisboa: Edições Sílabo.

Devile, E.;.(2009). O desenvolvimento do Turismo Acessível: dos argumentos Sociais aos argumentos de mercado. Revista Turismo & Desenvolvimento, Journal of Tourism and Development, 11, 39-46.