Desenvolvimento Precoce e Aprendizagem

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Métodos de Ensino

A UC conta com 25 horas de ensino teórico-prático. Nas sessões far-se-á uso do método expositivo em alternância com metodologias que favoreçam a análise crítica e reflexiva, nomeadamente trabalho colaborativo na análise de textos e documentos diversos, análise de situações, preparação e discussão de trabalhos.

A avaliação será realizada através de Porta-fólio individual sobre o processo formativo.

Na ponderação da classificação final serão consideradas as seguintes componentes:

– qualidade do porta-fólio– 60%

– qualidade da participação ao longo das sessões da UC – 40%

Os critérios de avaliação do porta-fólio serão explicitados em documento próprio que será entregue aos/às estudantes na 1ª sessão da UC.

Resultados de Aprendizagem

No final da UC o/a estudante deverá:

Compreender a interligação entre o desenvolvimento e a aprendizagem;

Dominar conceitos essenciais das perspetivas neurobiológicas, ecológico-sistémicas e transacionais acerca do desenvolvimento na infância, como parte do racional orientador das práticas de IP em Portugal;

Compreender as interdependências entre as características de cada criança e as características dos contextos e ambientes de aprendizagem em que ela se desenvolve;

Perspetivar os fatores de risco numa perspetiva transacional e na relação dinâmica entre fatores de proteção e de vulnerabilidade, encarando a IP como potenciadora dos primeiros.

Programa

A importância da primeira infância e o contributo das neurociências para a compreensão dos fundamentos neurobiológicos do desenvolvimento.

Abordagens bioecológicas e sistémicas do desenvolvimento

Princípios chave do desenvolvimento.

Paradigma da diversidade de trajetórias desenvolvimentais: risco e resiliência

A intervenção precoce como um direito e uma estratégia no âmbito das políticas para a infância.

Métodos de Avaliação

Avaliação por Portfolio
  • - qualidade do portfolio - 60.0%
  • - qualidade da participação ao longo das sessões da UC - 40.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Bairrão, J. (Coord.) (2003). Tendências actuais em investigação precoce. Psicologia, Vol. 17 (1). Oeiras: Celta Editora.

Guralnick, M. (2005). The developmental systems approach to early intervention . Baltimore, MD: Paul H. Brookes Publishing Co.

Shonkoff, J. P. & Phillips, D. A. (2000). From neurons to neighborhoods: The science of early childhood development . Washington: National Academy Press.

https://www.zerotothree.org/

Conkbayir, M. (2017). Early childhood and neuroscience. Bloomsbury

Sameroff, A. J. (2010) A unified theory of development: A dialectic integration of nature and nurture. Child Development, 81, 6-22.