Design em Espaço Urbano

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

As opções metodológicas conducentes ao cumprimento do programa da unidade curricular centrar-se-ão em três componentes pedagógicas fundamentais:

– Componente teórica – exposição oral centrada nos conteúdos previstos;

– Componente prática – desenvolvimento de trabalhos sob orientação docente.

A avaliação na unidade curricular decorrerá, por opção do aluno, das seguintes modalidades:

– Avaliação contínua – (alínea a) do artigo 13.º do Regulamento Académico do 1.º Ciclo de Estudos do IPC);

– Exame – (Alínea c) do artigo 13.º do Regulamento Académico do 1.º Ciclo de Estudos do IPC).

A avaliação naquelas modalidades obedecerá a critérios que serão explicitados nos enunciados e/ou outros elementos apresentados, de acordo com as seguintes componentes e pesos: Teórica – 10%; Teórico-prática – 20%; Prática – 70%.

Resultados de Aprendizagem

1 Promover e desenvolver o conhecimento sobre o espaço urbano

2 Reconhecer a importância do design na construção do espaço público

3 Identificar espaços e objetos de design em contexto urbano

4 Desenvolver estudos/projetos de design para o espaço urbano

Programa

1 ESPAÇO URBANO

1.1 Génese e evolução do espaço urbano

1.2 Património cultural e identidade urbana

2 DESIGN E ESPAÇO PÚBLICO

2.1 Design, inclusão e comportamento humano

2.2 Design na qualificação do espaço público

3 ESPAÇOS E OBJETOS DE DESIGN URBANOS

3.1 Design e comunicação em contexto urbano

3.2 Design e equipamento em contexto urbano

4 ESTUDOS/PROJETOS DE DESIGN PARA O ESPAÇO URBANO

4.1 Critérios para a elaboração de projetos em espaço urbano

4.2 Caráter integrador do projeto de design em espaço urbano

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
  • - teórica - 10.0%
  • - prática - 70.0%
  • - teórico-prática - 20.0%
Avaliação por Exame
  • - teórica - 10.0%
  • - teórico-prática - 20.0%
  • - prática - 70.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

ALT, F. (2013) A Design space for Pervasive Advertising On Public Displays. Stuttgart: University of Stuttgart, Germany

BRANDÃO, P. & REMESAR A. (2004) Design Urbano Inclusivo. Lisboa, Centro Português de Design.

GEHL, J. (2014) Cidades para pessoas, 2.ª edição. São Paulo: Editora Perspectiva S.A.

GIBSON, D. (2009) The wayfinding handbook, Information design for public places . New York : Princeton Architectural Press

HENCKEL, D., THOMAIER, S., KÖNECKE, B., ZEDDA, R., & STABILINI, S. (Eds.) (2013). Space–time design of the public city, urban and landscape perspectives. Dordrecht: Springer.

KLING, B. & KRUGER, T (2013) Spatial Orientation. Munich: Edition Detail.

PAIVA, B. (2012) Design e Urbanidade – CumpliCidades do Programa Polis. Tese de Doutoramento em Design. Lisboa: Faculdade de Arquitetura de Lisboa.

REMESAR, A. (Coord.) (2005) Do Projecto ao objecto. Lisboa: Centro Português de Design.

Open Space: Urban Public Landscape Design (2019). China: SendPoints