Estudos de Arte

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

19.1. Aulas expositivas. Leitura e discussão de textos.
19.2. A unidade curricular poderá ser realizada nas modalidade de frequência ou de exame.
A avaliação por frequência implica a realização de 2 trabalhos teórico-práticos que terão os seguintes pesos: 1.º trabalho – 40%; 2.º trabalho – 60%.
O exame terá uma componente teórica, com um peso de 50%, e uma componente prática, com um peso de 50%.

Resultados de Aprendizagem

16.1. Conhecer e identificar as principais temáticas da arte contemporânea
16.2. Conhecer e compreender categorias estéticas como o sublime, o trágico, o grotesco, o cómico, o absurdo, o estranho e o bizarro
16.3. Conhecer as questões ligadas ao “corpo”, “interatividade” e “representação” para a mudança cultural
16.4. Analisar com sentido crítico textos de referência
16.5. Compreender as questões conceptuais ligadas ao conceito de “regresso do real”.

Programa

17.1 O corpo na arte contemporânea: da representação ao objeto;
17.1.1 Análise e discussão das obras de Ursula Martinez,Amy Cutler, Cindy Sherman;
17.2 Estratégias de representação, apropriação, citação, reprodução;
17.2.1 Análise e discussão das obras de Mariko Mori,Jeff Wall,Cildo Meireles,Olafur Elliason,
17.3 As figuras do corpo: simbolismo e alegoria;
17.3.1 Análise e discussão das obras de Kroll, Hefferman, Sandberg, Siems e Reed;
17.4 Arte e natureza
17.4.1 Análise e discussão das obras de Friedrich, Martin, Dahl, Koch e Blake.

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Exame
  • - Componente prática - 50.0%
  • - Componente teórica - 50.0%
Avaliação contínua
  • - 1º trabalho - 40.0%
  • - 2º trabalho - 60.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Becker, Howard S. (2008).Mundo da Arte.Lisboa:Livros Horizonte,2010.
Didier-Huberman,Georges (2011).O que nós vemos.O que nos olha.Lisboa:Dafne Editora.
Edwards, Steve (2006). Instantâneos de história Passagens sobre o argumento pós-moderno. in Fotografia na Arte: De ferramenta a paradigma. Lisboa: Público e Fundação Serralves, pp. 142-151.
Foster, Hal (2007).( Dis)Engaged Art. in Right About Now: Arte & Theory since 1990’s. Amsterdam: Valiz,pp.72-85.
Grosenick, U. & Riemschneider (2007). Art Now: Arte e Artistas no princípio do Novo Milénio. Koln:Tachen.
Pinto, Ana Teixeira (2014). O Narrador Relutante. Lisboa: Museu Coleção Berardo e Sternberg Press.
O’Reiley, Sally (2009). The Body in Contemporary Art. London:Thames and Hudson.
Ulsprung,P. (2012). Studio Olafur elliasson. Na Art Encyclopedia.Tachen.
HELIO OITICICA MUSEU:É O MUNDO. Organização Cesar Oiticica Filho. Rio de Janeiro.Catálogo exposição CCB Lisboa,2011.