Metodologia de Investigação em Turismo

Conhecimentos de Base Recomendados

Não Aplicável

Métodos de Ensino

As aulas assumem carácter dinâmico, integrando: 1) combinação de exposições sistematizadas de informações e conhecimentos com análises críticas, baseadas em textos e exercícios práticos; 2) trabalhos práticos de análise de dados, com suporte em softwares específicos. Os estudantes podem optar por avaliação contínua ou avaliação por exame. A avaliação contínua inclui dois trabalhos: a) um trabalho individual de análise crítica e reflexiva de uma produção científica realizada no domínio do Turismo, sendo exigida a aplicação dos conhecimentos e competências adquiridos durante o funcionamento da unidade curricular (peso de 50% na nota final); b) trabalho de grupo de análise de uma base de dados em SPSS e elaboração de um relatório (50%). A avaliação final por exame consiste numa prova escrita com componente teórica (50%) e prática (50%).

Resultados de Aprendizagem

1. Conhecer, dominar e aplicar os procedimentos e as metodologias de investigação qualitativa/quantitativa na área do Turismo: • Identificar problemas de investigação, construir e fundamentar um projecto de investigação; • Seleccionar o design de investigação mais apropriado; • Seleccionar o universo e a amostra;  • Seleccionar, utilizar e/ ou construir as técnicas quantitativas/  qualitativas de recolha de dados adequadas; • Proceder ao tratamento e à análise quantitativa/ qualitativa dos dados, com recurso a software especializado; • Interpretar a informação recolhida e comunicar os resultados de investigação a públicos diferenciados; • Resolver problemas e introduzir na prática diária, quer os resultados da sua reflexão sobre a prática de investigação, quer os resultados de estudos científicos e de pesquisa; 2. Desenvolver uma consciência crítica face aos resultados de investigação realizada por outros investigadores e face aos dados da sua própria investigação.

Programa

1. Investigação Quantitativa/ Experimental e Investigação Qualitativa: modelos  de construção do conhecimento. 2. Investigação Experimental, Não Experimental e Quasi-Experimental. 3. Survey e Estudos Longitudinais. 4. Métodos Mistos; 5.  O processo de investigação qualitativa: o Estudo de Caso e a Investigação-Acção. 6. Técnicas de Amostragem. 7. As técnicas de recolha de dados quantitativas e qualitativas (da sua escolha à construção). 8. Tratamento e análise dos dados quantitativos e qualitativos com base em softwares específicos (SPSS e NVivo).

Docente(s) responsável(eis)

Maria do Rosário Campos Mira

Métodos de Avaliação

Avaliação por Exame
  • - prova escrita com componente prática - 50.0%
  • - prova escrita com componente teórica - 50.0%
Avaliação Contínua
  • - Trabalho individual - 50.0%
  • - Trabalho de Grupo - 50.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Dwyer, L., Gill, A., & Seetaram, N. (2012). Handbook of research methods in tourism: quantitative and qualitative approaches. Cheltenham: Edward Elgar.

Philimore, J., & Goodson, L. (2009). Qualitative research in tourism: Ontologies, epistemologies and methodologies. London: Routledge.

Veal, A. J. (2006). Research methods for leisure and tourism: A practical guide. Harlow: Prentice-Hall.

Bryman, A. (2012). Social research methods. New York: Oxford University Press. 

Hill, M., & Hill, A. (2009). Investigação por questionário. Lisboa: Edições Sílabo.

Yin, R. (1994). Case study research – design and methods. California: Sage. 

Baggio, R., & Klobas, J. (2011). Quantitative methods in tourism: A handbook. Bristol: Channel View Oublications.

Richards, L. (2005). Handling qualitative data. London: Sage.

Maroco, J. (2003). Análise estatística com utilização do spss (2ª ed.). Lisboa: Edições Sílabo.