Teoria das Organizações

Conhecimentos de Base Recomendados

Ciências Sociais

Métodos de Ensino

A metodologia de ensino/aprendizagem tem como objectivo primordial facilitar integração dos conteúdos por
parte dos alunos. Os conteúdos programáticos serão apresentados, desenvolvidos e analisados da seguinte
forma: sessões teóricas (da responsabilidade do/a docente) e sessões teórico-práticas, centradas no
desenvolvimento de actividades de análise e reflexão crítica sobre estudos e investigações com a utilização de
recursos diversos, entre os quais artigos, estudos, exercícios e recursos audiovisuais. A avaliação de
frequência é realizada através de 2 componentes: um trabalho de grupo, com apresentação em aula (40% da
nota final) e uma frequência escrita individual (60% da nota final). O trabalho de grupo será apresentado em
aula de acordo com um cronograma a definir. Para aprovação na disciplina (regime de frequência) o aluno
deverá obter como nota mínima 7.5 na frequência escrita individual. A avaliação final corresponde a um exame
escrito valendo 100% da classificação.

Resultados de Aprendizagem

No final do semestre, pretende-se que os estudantes estejam em condições de:
– usar as principais metáforas organizacionais para ler e interpretar as realidades organizacionais e as suas
dinâmicas.
– usar os quadros conceptuais das Teorias Organizacionais na concepção e desenvolvimento de processos de
comunicação.
– reconhecer os contributos das Ciências das Organizações para a compreensão de alguns dos temas centrais
no desenvolvimento das actividades organizacionais.

Programa

I. Organizações e Psicologia das Organizações
1. Organizações: conceito, estrutura e estratégia
2. O uso das metáforas e paradigmas no estudo das organizações
3. Psicologia das Organizações: conceito e perspectivas
4. O papel das organizações na sociedade
II. Teorias organizacionais
1. Teorias clássicas
2. Teorias das Relações Humanas
3. Teorias sistémicas
4. Teorias contingenciais

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Exame
  • - teste - 100.0%
Avaliação continua
  • - teste - 60.0%
  • - trabalho de grupo - 40.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Bilhim, J. A (1996). Teoria Organizacional: Estruturas e processos. Lisboa: Instituto Superior de Ciências
Sociais e Políticas.
Caetano, A. e Vala, J. (2000). Gestão de Recursos Humanos: Contextos, Processos e Técnicas. Lisboa: RH
Editora.
Câmara, P., Guerra, P, Rodrigues, J. (1997). Humanator: Recursos Humanos e Sucesso Empresarial. Lisboa:
Publicações D. Quixote.
Canavarro, J. M. (2000). Teorias e Paradigmas Organizacionais. Coimbra: Quarteto Editora.
Chambel, M. J. e Curral, L. (1995). Psicossociologia das Organizações. Lisboa: Texto Editora.
Chiavenato, I. (1983). Introdução à Teoria Geral da Administração (3ª ed.), São Paulo: McGraw-Hill do Brasil.
Cunha, M.P., Rego, A., Cunha, R.C. e Cabral Cardoso, C. (2004). Manual de Comportamento Organizacional e
Gestão. Lisboa: Editora RH.
Ferreira; J.; Neves; J.; Abreu, P. e Caetano, A. (1996). Psicossociologia das Organizações. Lisboa: McGraw-
Hill.
Vala, J. (1995). Psicologia Social das Organizações. Estudos de Empresas Portuguesas, Oeir

Bilhim, J. A (1996). Teoria Organizacional: Estruturas e processos. Lisboa: Instituto Superior de Ciências
Sociais e Políticas.
Caetano, A. e Vala, J. (2000). Gestão de Recursos Humanos: Contextos, Processos e Técnicas. Lisboa: RH
Editora.
Câmara, P., Guerra, P, Rodrigues, J. (1997). Humanator: Recursos Humanos e Sucesso Empresarial. Lisboa:
Publicações D. Quixote.
Canavarro, J. M. (2000). Teorias e Paradigmas Organizacionais. Coimbra: Quarteto Editora.
Chambel, M. J. e Curral, L. (1995). Psicossociologia das Organizações. Lisboa: Texto Editora.
Chiavenato, I. (1983). Introdução à Teoria Geral da Administração (3ª ed.), São Paulo: McGraw-Hill do Brasil.
Cunha, M.P., Rego, A., Cunha, R.C. e Cabral Cardoso, C. (2004). Manual de Comportamento Organizacional e
Gestão. Lisboa: Editora RH.
Ferreira; J.; Neves; J.; Abreu, P. e Caetano, A. (1996). Psicossociologia das Organizações. Lisboa: McGraw-
Hill.
Vala, J. (1995). Psicologia Social das Organizações. Estudos de Empresas Portuguesas, Oeir