Formação de Formadores

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Métodos de Ensino

A metodologia pretende ser predominante activa e participativa, no sentido da construção do conhecimento, dando possibilidade aos estudantes para desenvolverem competências e estratégias, num trabalho de investimento individual e também colaborativo.

A avaliação respeitará o estabelecido no Regulamento do IPC e tem carácter periódico. Contempla a simulação pedagógica individual e outros trabalhos desenvolvidos no âmbito da unidade curricular, para verificar o domínio dos objectivos pedagógicos e o reforço das competências pedagógicas.

A avaliação final dos formandos segue o estipulado no RFPIF (IEFP 2012).

 

Resultados de Aprendizagem

O trabalho a desenvolver nesta unidade curricular pretende que o estudante venha a ser capaz de:

– Situar o papel do formador no sistema onde desenvolve a sua actividade e definir o respectivo perfil de competências desejável;

– Planificar, desenvolver e avaliar unidades de formação;

– Auto-avaliar-se, em contexto de formação, face ao perfil de competências desejável;

– Desenvolver uma análise construtiva que possa contribuir para a melhoria dos sistemas de formação, a nível técnico-pedagógico e/ou organizacional.

Programa

Módulo 1- Formador: Sistema, Contextos e Perfil

Módulo 2- Simulação pedagógica Inicial

Módulo 3- Comunicação e Dinamização de Grupos em Formação

Módulo 4- Metodologias e Estratégias Pedagógicas

Módulo 5- Operacionalização da Formação: do Plano à Acção

Módulo 6- Recursos Didácticos e Multimédia

Módulo 7- Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem

Módulo 8- Avaliação da Formação e das Aprendizagens

Módulo 9- Simulação Pedagógica Final

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
  • - Projeto de Intervenção Pedagógica - 30.0%
  • - Simulação Pedagógica Inicial - 10.0%
  • - Objetivos Pedagógicos (30%) + Competências pedagógicas (30%) - 60.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Alves, M.; Ketele, J. (2011). Do currículo à avaliação, da avaliação ao currículo. Porto: Porto Editora

Antunes, M. (2005). As novas competências dos professores e formadores. Revista Formar, 52

Bárbara, L, (2009). Métodos e Técnicas Pedagógicas/Andragógicas. Ed. FCA – Teto de Nuvens

Ceitil, M. (2010). Gestão e desenvolvimento de competências. Sílabo

Dias, A e Gomes, M. (Coord.)(2004). E-learning para E-formadores. Guimarães: TecMinho

Ferrão, L. ; Rodrigues, M. (2012). Formação pedagógica de formadores. Lisboa: Lidel

Ferreira, P. (2007). Guia do animador na animação de adultos. Barcarena: Presença.

Osório, A. (2005). Educação Permanente e Educação de Adultos. Lisboa: Inst.Piaget.

Pozo Delgado, P.del(2013).Formação de Formadores. Lisboa: Editora Escolar

Stuart, R. (2000). Jogos para Formadores: Desenvolvimento de Equipas. Lisboa: Monitor

IEFP: http://www.iefp.pt/formacao/formadores/formacao/ReferenciaisFormadores/ FormacaoContinua/Paginas/FormacaoPedagogicaContinua.aspx