Métodos, Técnicas e Análise de Dados

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Métodos de Ensino

Em todas as sessões haverá uma componente de informação orientada pelo docente, contudo, a metodologia a utilizar nesta unidade curricular pautar-se-á essencialmente pelo preenchimento e análise de instrumentos de avaliação, pela análise de casos e pela resolução de exercícios de aplicação.

A avaliação de frequência faz-se através de um teste somativo de carácter obrigatório e um trabalho de grupo, cada um com um peso de 50%. Na frequência, as perguntas são orientadas para a resposta curta, directa e do tipo escolha múltipla. O trabalho de grupo será de caráter eminentemente prático e reflexivo, sendo combinado com os formandos no início da unidade curricular.

Resultados de Aprendizagem

Esta UC visa preparar os formandos do curso de formação especializada em educação especial, na vertente de intervenção precoce na infância, para a leitura analítica de artigos, uso, adaptação ou aferição de instrumentos de recolha de dados, tratamento e interpretação de dados que ajudem a refletir de forma fundamentada sobre as práticas, tendo em sempre em vista a qualidade da intervenção precoce em diferentes contextos.

Programa

1 – Caraterísticas do método científico

2 – Passos da Investigação

3 – Paradigmas em Investigação educacional

3.1. Paradigma hipotético-dedutivo

3.2. Paradigma fenomenológico-interpretativo

4 – Questões de investigação 

4.1. Metodologia

4.2. Problemas e hipóteses

4.3. Manipulação, controlo e medição de variáveis

4.4. Validade interna e  externa

4.5. População: definição, caracterização, determinação de amostras e métodos de    amostragem

5 – Estratégias e técnicas de recolha e tratamento de dados

5.1. O estudo de caso

5.2. Estudos etnográficos

5.3. Estudos (auto)biográficos – Histórias de vida

5.4. Investigação-Ação e suas modalidades

5.5. Questionários e entrevistas
5.6. Grupos focais
5.7. Observações e Escalas

6- Aspetos éticos da investigação

7 – Interpretação e teorização de dados

Métodos de Avaliação

Avaliação
  • - trabalho de grupo - 50.0%
  • - teste - 50.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

FORTIN, M-F. (2000). O processo de investigação – da concepção à realização. Loures: Lusociência.

TUCKMAN, B. W. (2000). Manual de investigação em educação: como conceber e realizar o processo de investigação em educação. Lisboa: Serviço de Educação da Fundação Calouste Gulbenkian.

POCINHO, M (2012). Metodologia da Investigação e Comunicação do Conhecimento Científico. Lisboa. Edições LIDEL.

AMADO, J. (2013). Manual de Investigação Qualitativa em Educação. Imprensa da Universidade de Coimbra.

HILL, Manuela Magalhães; HILL, Andrew (2009). Investigação por Questionário. Sílabo.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari (1994) – Investigação qualitativa em educação — uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora