Modelos e Práticas de Educação de Adultos

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Métodos de Ensino

Esta unidade curricular assume-se como um espaço de descoberta, experimentação e consolidação de competências de domínio reflexivo, crítico e prático. Nas aulas serão aplicados os principais modelos de educação de adultos, assim como serão desenvolvidas estratégias e aplicadas técnicas de educação e formação de adultos.
A avaliação respeita o estabelecido no Regulamento Interno da ESEC, pelo que os estudantes escolhem uma das seguintes modalidades: avaliação contínua ou exame. A avaliação contínua contempla a qualidade do contributo da participação individual nas atividades no âmbito da unidade curricular (50%) e o desenvolvimento de um trabalho de grupo (50%: trabalho escrito (25%) e apresentação e discussão (25%)). A avaliação por exame apresenta-se sob a forma de prova escrita (100%).

Resultados de Aprendizagem

1. Conhecer e refletir sobre os modelos ou propostas teóricas de educação de adultos formais e não-formais, deduzindo princípios de atuação em contextos educativos formalizados e/ ou comunitários de carácter acentuadamente não-formal.
2. Refletir sobre as transformações culturais, económicas e sociais decorrentes da expansão tecnológica e dos meios de comunicação e compreender os impactos ao nível das políticas e dos mecanismos/ processos de oferta e procura de serviços de educação de adultos e de educação comunitária.
3. Conhecer, refletir e deduzir sobre os princípios de aprendizagem do adulto e em consequência, conhecer, selecionar, aplicar e analisar criticamente estratégias e técnicas de educação de adultos, integrando-as no processo de aprendizagem.
4. Identificar diferentes sistemas e espaços de formação/ educação de adultos e compreender as suas singularidades.

Programa

1. Educação de Adultos: universo de teorias, políticas, práticas e experiências.
2. A educação de adultos em Portugal, na Europa e no Mundo.
3. Como aprendem os adultos.
4. Modelos e Estratégias de Educação de Adultos:
4.1. Paulo Freire: co-construindo a prática de liberdade.
4.2. Ivan Illich: proposta de uma sociedade convivial.
4.3. Andragogia de Malcolm Knowles e Aprendizagem Autodirigida.
4.4. Aprendizagem Transformativa e Educação de Adultos orientada para a Mudança.
4.5. Gerontologia Educativa Crítica.
5. Organização de programas e ambientes de aprendizagem em educação de adultos: metodologias e estratégias.

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Avaliação contínua
  • - Assiduidade e Participação - 50.0%
  • - Trabalho Individual e/ou de Grupo - 50.0%
Exame
  • - Exame - 100.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

CNE (2019). Educação e formação de adultos [RT]. DR 2.a s n 135 de 17/06/2019, Recomendação 2/2019.
CNE (2020). Educação de Adultos: Ninguém pode ficar para trás. CNE.
Daffron, S.; Caffarella, R. (2021). Planning Programs for Adult Learners: A Practical Guide. J-B.
EAEA (2019). Manifesto for Adult Education in the 21st century. EAEA.
Freire, P. (1975). A pedagogia do Oprimido.
EC/EACEA/Eurydice (2021). Adult education and training in Europe.
Melo, A., Lima, L. & Guimarães, P. (2021). Actualidade da Educação Permanente, APCEP.
OECD (2020). Strengthening Quality. Assurance Adult Education and Training in Portugal. OECD.
Soeiro, D., & Parreiral, S. (2018). Case Study Letters for Life, Portugal. ILL, UNESCO.
Soeiro, D., Santos, L., Parreiral, S., & Patrão, C. (2022). Letras Prá Vida a Esperançar com Paulo Freire. Cadernos De Sociomuseologia, 63(19), 117-127.
UNESCO (2022). 5th Global Report on Adult Learning and Education. Citizenship education: Empowering adults for change. ILL.