Museologia e Património Cultural

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Métodos de Ensino

A lecionação do programa irá implicar aulas TP (34h)  e PL (17h), ocorrendo durante o semestre  a apresentação dos conteúdos programáticos na sala de aula por parte do docente, solicitando-se a colaboração do aluno e promovendo-se trabalhos de grupo, a organização de visita/s de estudo, seguidas da elaboração de relatórios por parte do aluno, a organização de um trabalho  sob a orientação do  professor.  A avaliação organiza-se de  acordo com o regulamento académico do 1º Ciclo de Estudos do IPC. Nesse sentido, a avaliação  contínua será feita com base na organização, por parte do aluno, de trabalhos práticos dentro ou fora da sala de aula (15%); numa prova escrita (35%) e na organização de um trabalho e sua apresentação oral (50%). A avaliação por exame será baseada na realização de uma prova escrita- 100%

Resultados de Aprendizagem

1. Compreender os conceitos de Museologia e de Museografia
2. Conhecer a evolução ocorrido no seio dos museus desde o aparecimento do museu público
3. Compreender a importância de uma museu como recurso cultural e educativo
4. Compreender a relevância dos recursos patrimoniais numa localidade
5. Conhecer especificidades da gestão do património cultural e natural
6. Conhecer princípios subjacentes ao Património Comum da Humanidade
7. Conhecer estratégias metodológicas que viabilizam estudos locais
8. Compreender a importância do património como via de dinamização de atividades no âmbito da animação socioeducativa.

Programa

1. Princípios subjacentes à organização e dinamização de um Museu
1.1 Os conceitos de Museologia e Museografia
1.2. O Museu do passado aos nossos dias
1.3.  Alargamento do conceito de património museológico
1.4. Relevância dos recursos endógenos na conceção de um Museu
1.5. Funções do Museu de acordo com a Lei nº 47/2004
1.6. Formas de valorização e de difusão do património museológico
2. Os valores patrimoniais e a capacidade da população no uso dos seus recursos
2.1. Recursos patrimoniais e instrumentos jurídicos de proteção do património
2.2. O Património Comum da Humanidade como via de auto – estima de uma comunidade
2.3. Formas de animação do património local: estudo/s de casos
3.Estratégias metodológicas que viabilizam o conhecimento de uma comunidade
3.1 Técnicas para recolha e tratamento de informação de caráter etnográfico
4. Estratégias de dinamização de um museu/espaço patrimonial mediante atividades no âmbito da animação socioeducativa

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Exame
  • - Exame - 100.0%
Avaliação contínua
  • - Frequência - 35.0%
  • - Assiduidade e Participação - 15.0%
  • - Trabalho Individual e/ou de Grupo - 50.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

CARVALHO, A. (2011). Os museus e o património cultural imaterial. Colibri.
LOPES, F. & CORREIA, M. B. (2004). Património arquitectónico e arqueológico. Cartas, Recomendações e Convenções Internacionais. Livros Horizonte.
DIREÇÃO GERAL DO PATRIMÓNIO CULTURAL (s.d.). Castas e Conveções internacionais sobre Património. http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/patrimonio/cartas-e-convencoes-internacionais-sobre-patrimonio/
MAGALHÃES, F. (2005). Museus, Património e Identidade. Ritualidade, Educação, Conservação, Pesquisa, Exposição. Proedições.
MENDES, J. A. (2009). Estudos do Património. Museus e Educação. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.
MESTRE, J. S. M & CARDONA, F.X.H (Dirs.) (2010). Conceptualizando la nueva museologia. Hermus. Vol.IV. Trea.
NAVARRO, M. S. & RIERA, R. G. (2012). Museo y comunidad. un museo para todos los públicos. Trea.
PIÑOL, C. (2013). Manual del Centro de Interpretatión. Trea.