Agricultura Geral e Agrometeorologia

Conhecimentos de Base Recomendados

Os legalmente requeridos para a frequência do curso.

Métodos de Ensino

As metodologias de ensino utilizadas têm como finalidade proporcionar uma eficaz transmissão de conhecimentos e um clima de diálogo com os alunos que favoreça e consolide o processo de ensino aprendizagem. Nas aulas teórico-práticas é feita a explicação dos princípios necessários ao desenvolvimento dos conteúdos programáticos e à aquisição das competências definidas. Procura-se a participação dos alunos na adaptação dos conhecimentos adquiridos à resolução de situações concretas, sendo elaborados estudos de casos, com pesquisa bibliográfica, relativos a temas de particular interesse para a UC e para os alunos no que à sua formação técnico-profissional diz respeito.

Resultados de Aprendizagem

1. Avaliar a importância do setor agrícola nacional, no contexto europeu e mundial;

2. Conhecer a interligação entre a agricultura e os fatores climáticos condicionantes da atividade;

3. Estabelecer as rotações e os afolhamentos mais adequados a cada situação;

4. Conhecer as principais técnicas culturais usadas em agricultura, desde a preparação do terreno até à colheita;

5. Reconhecer as vantagens e os inconvenientes da utilização das principais técnicas culturais, em situações concretas.

Programa

1. Importância da Agricultura no Mundo e para a humanidade. Biodiversidade e espécies vegetais. A Agricultura em Portugal e no Mundo. Enquadramento da produção agrícola nacional na agricultura europeia e mundial. Índices caracterizadores usados em agricultura: Posicionamento nacional e regional.

2. Conceitos e definições de agricultura. Principais tipos de agricultura praticados: caracterização sumária; sistemas convencionais/tradicionais versus sistemas modernos de agricultura.

3. Classificação das culturas (Plantas Cultivadas): Botânica; Agronómica; Segundo o ciclo de vida; Segundo o fotoperiodismo; Segundo a temperatura; Segundo o solo e o regime hídrico; Segundo o tipo fotossintético; Fitotécnica. Diferenças entre as principais fitotecnias. Aplicação prática das diferentes classificações das plantas no campo.

4. Sementes, sementeiras e plantações. Métodos e épocas mais adequados a cada situação. Legislação sobre sementes. Densidade de sementeira e povoamento. Resolução de problemas.

5. O Clima: Visão Agronómica. Caracterização climática. Elementos de clima e sua utilização em agricultura. Proteções contra excessos climáticos. Classificação climática. Padrões climáticos do continente e sua implicação na agricultura.

6. O solo e a agricultura: propriedades e parâmetros importantes, caracterização, avaliação, correção e trabalho do solo.

7. Fertilizantes e Fertilizações. Classificação e caracterização dos principais fertilizantes: vantagens e inconvenientes. Corretivos agrícolas. Importância do pH e da matéria orgânica do solo. Determinação da fertilização e escolha dos fertilizantes. Técnicas e épocas de aplicação. Resolução de problemas de ordem prática.

8. Sucessões, consociações, afolhamentos e rotações. Fatores de escolha do afolhamento. Nomenclatura. Justificação para as rotações. Tipos de rotações. Vantagens e inconvenientes da utilização das consociações. Exemplo de rotações e de consociações para o país e para a região.

9. Visitas guiadas ao campo para contacto com as culturas, as infestantes, as máquinas e os equipamentos agrícolas.

10. Apreciação crítica das principais técnicas culturais usadas em agricultura.

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Exame
  • - Exame - 100.0%
Avaliação contínua
  • - Trabalho de síntese - 25.0%
  • - Frequência - 75.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

BRIOSA, F. (1984)– Glossário ilustrado de mecanização agrícola. Lisboa: Galucho.

CALDAS, E. C. (1991) – A agricultura portuguesa através dos tempos. Lisboa: INIC.

DIEHL, R. (1984) – Agricultura geral. Lisboa: Clássica Editora, Colecção Técnica Agrária.

FAO – The State of Food and Agriculture 2019. Moving forward on food loss and waste reduction. Rome: Food and Agriculture Organization of the United Nations. 2019.

FAO – The State of Food and Agriculture 2021. Making Agrifood Systems more Resilient to Shocks and Stresses. Rome: Food and Agriculture Organization of the United Nations.

FEIO, M. (1991)– Clima e Agricultura. Ministério da Agricultura, Pescas e Alimentação. Lisboa.

LOOMIS, R.S.; CONNOR, D.J. (1992) – Crop Ecology. Productivity and management in agricultural systems. Cambridge University Press. Cambridge.

SOLTNER, D. (1995) – Les bases de la production végétale. Angers: Collection Sciences et Techniques Agricoles; Tome I,II et III.

TERRÓN, P. (2002)– Fitotecnia: ingeniería de la producción vegetal. Madrid: Ed. Mundi-Prensa.

VILLALOBOS, F.; MATEOS, L.; ORGAZ, F.; FERRERES, E. (2002)– Fitotecnia: bases y tecnologías de la producción agrícola. Madrid: Ed. Mundi-Prensa.