Pós-produção de Vídeo Digital

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Não definido na FUC aprovada

Métodos de Ensino

Utilização do método expositivo, demonstrativo e activo.

Os estudantes terão de optar por uma de duas modalidades de avaliação: por exame ou por avaliação contínua. Esta divide-se em:

a) apresentação em aula de uma análise critíca de uma sequência cinematográfica – trabalho colectivo com o valor de 50 por cento da nota;

b) edição de um vídeo de até cinco minutos com material de arquivo  – trabalho de equipa com o valor de 50 por cento da nota.

A participação nas tarefas da equipa desenvolvidas em aula e supervisionadas pelo docente é obrigatória. A frequência de menos de 80 por cento das aulas é penalizada em 5 a 10 por cento (1 a 2 valores) da avaliação final.

A avaliação por exame é composta por um trabalho de edição e por um trabalho teórico, ambos com o mesmo valor.

Resultados de Aprendizagem

No final do semestre, pretende-se que os alunos estejam aptos a:

1) Desenvolver as aptidões no campo audiovisual, aperfeiçoando o seu domínio prático e técnico;

2) Compreender os princípios da teoria da montagem através de exemplos da história do cinema;

3) Conhecer os princípios de funcionamento dos equipamentos audiovisuais e as suas terminologias técnicas de base;

4) Compreender a importância das diferentes fases da edição vídeo;

5) Desenvolver as capacidades criativas em torno de projectos audiovisuais;

6) Concretizar na pós-produção de vídeo as ideias desenvolvidas noutras fases da produção audiovisual.

Programa

Linguagem cinematográfica – conceitos básicos – revisão

História da montagem:

Mélies, Porter, Griffith, Buñuel, os Soviéticos, Hitchcock

O efeito Kolechov

Os cinco tipos de montagem de Pudovkin

Os cinco tipos de montagem de Eisenstein

Do mudo ao som

A edição segundo o som

Tipos de edição

O documentário – estrutura da montagem, tipos e exemplos:

Vertov, Flaherty, Varda.

As regras de montagem

O corte

Regra dos 180 graus

O que é o raccord

Instrumentos e técnicas de montagem

Corte, encadeado e fade

Timecode, anotação, alinhamento, captura e organização

Exportação e publicação online 

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Avaliação Contínua
  • - edição de um vídeo de até 5 minutos com material de arquivo- trabalho de equipa - 50.0%
  • - apresentação em aula de uma análise crítica de uma sequência cinematográfica - trabalho coletivo - 50.0%
Exame
  • - Trabalho de edição - 50.0%
  • - Trabalho teórico - 50.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

AMIEL, V. (2010). Estética da Montagem, Texto e Grafia: Lisboa.
CRITTENDEN, R. (1995). Film and Vídeo Editing, Blueprint: London.
DANCYGER, K. (2003). Técnicas de edição para cinema e vídeo, teoria e prática, Elsevier: Rio de Janeiro.
EISENSTEIN, S. (1972). The Film Form, Harcourt Brace: New York.
EISENSTEIN, S. (1972). The Film Sense, Harcourt Brace: New York.
SCHIAVONE, R. (2003). Montar um filme, Edições Cine-Clube Avanca: Avanca.
MARNER, T. S. J. (2010). A Realização Cinematográfica. Edições 70: Lisboa.
PUDOVKIN, V.(1999). On Editing, in Film Theory and Criticism, Oxford UniversityPress..
THOMPSON, R.(2001). Manual de Montaje, Plot Ediciones: Madrid.
THOMPSON, R. (2009). Grammar of the shot, Focal Press: Oxford.
ZETTL, H. (2018). Video Basics 8, Belmont: Wadswoth / Thomson Learning.