Técnicas de Comunicação e de Trabalho em Grupo

Conhecimentos de Base Recomendados

N/A

Métodos de Ensino

As aulas teórico-práticas assumem um caráter dinâmico utilizando, essencialmente, o método ativo de trabalho. Conjugam-se exposições sistematizadas de conhecimentos com análises críticas e reflexivas baseadas em exercícios de dinâmicas de grupo e situações criadas em role-playing. No que respeita à avaliação da unidade curricular, os alunos poderão escolher entre a avaliação por exame e a avaliação contínua. Esta baseia-se na participação quotidiana, ao longo das aulas, nas tarefas relativas à realização de um trabalho (10% da avaliação), à aplicação concreta, na turma, de técnicas de comunicação e de trabalho em grupo (20% da avaliação) e à elaboração e entrega de um relatório final (20% da avaliação). Além disso, a avaliação constitui-se também pela realização de um teste escrito, individual, de avaliação de conhecimentos (50% da avaliação), a realizar no final do semestre.

A avaliação por exame consiste na realização de uma prova escrita (100%).

Resultados de Aprendizagem

Nesta unidade curricular pretende-se que os/ as estudantes desenvolvam competências de relacionamento interpessoal, empatia, cooperação e entreajuda em grupos e equipas de trabalho. A criação de um clima interpessoal positivo no relacionamento com grupos e equipas de trabalho, a promoção de um estilo relacional afirmativo por meio da gestão e negociação de conflitos interpessoais, através de uma eficaz liderança de grupos e equipas de trabalho. Fazendo bom uso da expressão verbal e não verbal em diferentes contextos interpessoais e interculturais, da análise e reflexão crítica face a estereótipos e preconceitos sociais, atitudes e comportamentos discriminatórios, da gestão emocional em situações de conflito, sabendo adoptar estratégias adequadas à resolução de problemas e tomada de decisão, agindo de forma eficaz e socialmente responsável em contextos profissionais e interpessoais.

Programa

1. Comunicação enquanto processo dinâmico: A comunicação interpessoal e grupal; Modelos e tipos de comunicação; A importância da comunicação para uma vivência em grupo 2. Grupos: Tipos e critérios de tipificação de grupos 3. Formação e fases de desenvolvimento do grupo 4. Princípios básicos da ação de grupo: clima grupal, comunicação no grupo, participação e espírito de grupo, liderança, consenso, coesão, flexibilidade 5. Os participantes: tensões, conflitos e comportamentos difíceis, responsabilidades de um bom participante, barreiras à comunicação entre participantes 6. O dinamizador/facilitador do grupo: papel e estilo, competências básicas e responsabilidades, comportamentos e estratégias do facilitador, linguagem verbal e não-verbal, boas e más práticas do facilitador 7. Estratégias e procedimentos de preparação e gestão de reuniões.

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Exame
  • - Exame - 100.0%
Avaliação Contínua
  • - Trabalho Individual e/ou de Grupo - 20.0%
  • - Frequência - 50.0%
  • - Técnicas de Comunicação e de Trabalho de Grupo - 20.0%
  • - Assiduidade e Participação - 10.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Burlá, C. & Py, L. (2005). Peculiaridades da comunicação ao fim de vida dos pacientes idosos, Bioética, Vol.13, nº2, pp.97-106.

Dimas, I., Alves, M., Lourenço, P. & Robalo, M. (2016) Equipas de Trabalho – Instrumentos de avaliação, Lisboa: Ed. Sílabo, Lda.

Fachada, M. O. (2018) Psicologia das Relações Interpessoais, Lisboa: Ed. Sílabo, Lda.

Pereira, F. (2012). Teoria e Prática da Gerontologia. Um guia para cuidadores de idosos, Viseu: Psicoba.

Pereira, F. & Caria, T. (2014) Saberes profissionais e trabalho profissional do Gerontólogo, INFAD Revista de Psicologia, Nº2 – Vol.1, pp.81-90

Sacavém, A., Wezowski, K. & Wezowski, P. (2014). A linguagem corporal revela o que as palavras escondem, Barreiro: Top Books.

Santos, F. (1998). Comunicar, Entrevistar, Conduzir Reuniões. Lisboa: IEFP.