Projeto de Arte

Conhecimentos de Base Recomendados

NA

Métodos de Ensino

19.1 Apresentação, análise e discussão de obras de arte. Orientação e acompanhamento dos trabalhos em oficina e estúdio;
19.2 Dada a especificidade desta unidade curricular e ao abrigo do ponto 7, do artigo 13.º, do RCFI, exige-se que o aluno garanta a presença mínima em 8 do número total de aulas previstas, assistindo-lhe o direito a realizar exame caso não tenha obtido aprovação por frequência.
A avaliação obedecerá a critérios que serão explicitados em diferentes enunciados, de acordo com as seguintes componentes e pesos: Teórica – 25%; Teórico-prática – 25%; Prática – 50%. Os trabalhos, até ao número de 5, a realizar, obedecerão às seguintes fases e pesos: Investigação para o conceito e proposta inicial – 25%; Desenvolvimento e progressão dos trabalhos – 25%; Apresentação e relatório final – 50%.
O exame terá uma componente teórica, com um peso de 40%, e uma componente prática, com um peso de 60%.

Resultados de Aprendizagem

16.1. Conhecer as fases da metodologia do projeto artístico
16.2. Analisar e estudar um problema ou questão, e definir objectivos e imaginar soluções
16.3. Justificar a viabilidade de execução e previsão de custos
16.4. Escolher uma técnica e explorar as suas possibilidades de desenvolvimento
16.5. Desenvolver abordagens de intervenção artística centradas na relação “arte e natureza”.

Programa

17.1 Introdução ao projeto artístico;
17.2 Proposta de integração de um projeto centrado em uma das seguintes técnicas como Desenho, Pintura, Escultura, Fotografia, Instalação, Vídeo.
17.3 O processo criativo: conceptualização/ensaios; estudo e projeto/recursos e orçamento; realização/produção
17.4 Apresentação pública de uma exposição, mostra, intervenção, instalação site-specific.

Docente(s) responsável(eis)

Métodos de Avaliação

Avaliação contínua
  • - 5 trabalhos - 100.0%
Exame
  • - Componente teórica - 40.0%
  • - Componente prática - 60.0%

Estágio(s)

NAO

Bibliografia

Dexter, Emma (2006). Vitamin D:New Perspectives in drawing. London: Phaidon Press.
Fuga, Antonella (2005). Techniques et matériaux des arts. Paris: Éditions Hazan.
O´Reilly,Dally (2009). The Body in Contemporary Art. London: Thames and Hudson.
Pinharanda, J. (2011). Pedro Cabrita Reis One after another, a few silent steps. Exposição antológica Pedro
Cabrita reis. Lisboa: Museu Colecção Berardo. Hatje Cantz.
Minguet, J.M. (2013). Art of Paper. Barcelona: Instituto Monsa de Ediciones.
Minguet, J.M. (2014). Pop Papercraft: Cut,Fold,Glue! Barcelona:Instituto Monsa de Ediciones.
Rivers,Charlotte (2010). Reinventing Letterpress. Rotovision.
Schmidt,Christine (2010). Print Workshop. New York:Potter Craft.
Smith, Ray (2003). Manual Prático do Artista. Porto: Dorling Kindersley e Civilização.